Franquias: bom negócio ou mau negócio?

Na hora de abrir o próprio negócio, a primeira coisa que vem à cabeça é procurar uma franquia, mas será que é o ideal? Investir em franquias deve ser só uma das opções de uma lista com outros modelos de negócio que você deve avaliar antes de empreender. 

Com um modelo aparentemente sólido e que gera boas receitas, as franquias atraem pelo fato de serem aceitas por um público e terem nome consolidado. Contudo, mesmo com esses apelos comerciais, há alguns pontos a serem discutidos para que você perceba se esse negócio vale a pena ou não. 

Leia este artigo, que mostra como é investir em franquias, seus pontos fortes e fracos e opções para investir que são muito mais lucrativas!

O que devo saber antes de investir em franquias?

Começar nos negócios a partir de um modelo franqueado pode representar uma opção segura diante de alguns critérios, porém, tem suas desvantagens. 

Para investir em franquias, deve-se ficar muito atento ao contrato. As taxas a pagar geralmente são altas, os royalties corroem seus lucros e, além dessa obrigação, o comércio de franquias delimita muitos pontos para quem decide empreender nessa categoria. 

Basicamente, depois de acertar em contrato todas as cláusulas, o modelo de negócio que você deve seguir está definido e não permite alterações no decorrer do trabalho, a não ser que elas sejam rigorosamente permitidas pela franqueadora. 

Ou seja, a partir do fechamento do contrato, desde as instalações físicas, ponto, produtos, padrão de atendimento e outros quesitos são fixados pela franqueadora. Por esse motivo, na maior parte das vezes, a franquia é cara, não permitindo a entrada se você não tiver o valor total. Não faz nenhum esforço em atender às necessidades e se ajustar ao orçamento do investidor.

Colocar todos esses pontos no seu planejamento dará uma boa noção de quanto custa uma franquia no total, desde a adesão à manutenção do contrato. 

 

Quais são as práticas de uma franquia?

Uma vez fixado o contrato, ele deve ser seguido por ambas as partes para que o franqueado tenha os lucros planejados. Porém, quando se trata de investir em franquias, há vários pontos que você deve conhecer bastante antes de iniciar nesse tipo de negócio. 

Exige o pagamento de royalties

Além da taxa de adesão à franqueadora, abrir uma franquia também exige o pagamento de royalties, que são uma quantia a ser paga pelo uso da marca, representando um percentual a ser pago sobre o faturamento bruto da empresa –  esse é o modelo de negócio estabelecido em franquia. Esse valor é obrigatório, sendo que o percentual é definido unicamente pela franqueadora e deve ser pago mês a mês, como se fosse um aluguel. 

Só a franqueadora define o ponto 

O ponto do comércio pode ser pesquisado e sugerido pelo franqueado, porém, a decisão final vem sempre do detentor da marca da franquia. Pelo contrato e pelas regras do setor de franquias, mesmo que o investidor tenha diante de si um ponto bem localizado, se o franqueador decidir por outro lugar, o negócio tem que seguir outra decisão.

Não permite mudanças no espaço 

Investir em franquias obriga que o espaço físico não possa ser alterado pelo franqueado, mesmo que o intuito seja melhorar o local para aumentar as vendas. Desse modo, todas as decisões do negócio passam pelo crivo do franqueador. Caso ele permita, você poderá realizar suas mudanças, ainda que muito pequenas.  

Mix de produtos reduzido 

Como regra básica na hora de investir em franquias, toda a seleção de produtos é exclusiva do franqueador. Essa determinação impede a escolha do investidor, fazendo com que ele trabalhe somente com os produtos homologados pela franqueadora. 

Isso tem um ponto bastante negativo, já que um mix de produtos maior sempre agrega  valor à loja e atrai diferentes públicos, gerando mais lucro. 

Requisita a compra de produtos à escolha da franqueadora 

Dentro do modelo franqueado, o seu negócio fica condicionado a comprar os produtos no tipo, quantidade e frequência determinados pela franqueadora. Essa é uma estratégia do maior número de franqueadoras restringindo o seu negócio. A regra base é ter somente os itens que a franqueadora define. 

Determina o abastecimento de estoque mesmo se não for necessário 

O abastecimento de estoque é determinado pela franqueadora. Mesmo que não tenham sido vendidos todos os produtos, você receberá a quantia mensal determinada pela franqueadora. Por esse motivo, a gestão de estoque fica comprometida e, muitas vezes, leva a perdas de produtos e prejuízos financeiros.

Não aprova a inclusão de softwares e estruturas diferentes 

A franqueada deve usar o sistema digital e os equipamentos que a franqueadora determina. 

Podem ocorrer problemas de suporte por parte da franqueadora 

Não é incomum que muitos franqueados por vezes reclamem da falta de suporte por parte da franqueadora. O apoio inclui treinamentos, orientação sobre melhores práticas no negócio e auditorias para checar se o franqueado segue o contrato. 

Essa falta de suporte traz prejuízos para a equipe e ao negócio, que muitas vezes carece de orientações sobre como investir em franquias. Ainda, terceirizar essas ações com outra empresa é, na maior parte dos casos, proibido pela franqueadora.

Qual é o modelo mais flexível de comércio? 

Existem outras opções menos rígidas e mais lucrativas que o modelo franquia e que não são tão engessados.

Há um modelo de investimento muito melhor, em que você será dono do seu próprio negócio. Esse sistema traz resultados bem mais satisfatórios aos muitos empreendedores que optaram por ele, que é a licença de uso de marca. É uma opção que permite maior autonomia, de modo que você pode negociar com a marca e ajustar o tamanho do seu negócio dentro do seu orçamento! 

A licença de uso de marca opera cedendo os direitos de uso e venda de produtos sob registro, o know how da marca e acompanhamento no passo a passo. Mesmo exigindo um contrato e o pagamento de uma taxa de adesão ao sistema, você terá todo o apoio da rede sem corroer os seus lucros.

Nessa modalidade, todo o espaço físico, desde a escolha de ponto, o mobiliário e o mix de produtos serão ajustados ao orçamento do empreendedor

A ProSaúde é uma licenciadora de uso de marca e atrai investidores por oferecer maior autonomia no negócio para o investidor.

O comércio de produtos da marca ProSaúde traz uma grande variedade. O mix de produtos de marca própria inclui desde biscoitos, granolas, vitaminas, suplementos, ervas medicinais, bem como a distribuição de um grande número de sementes, oleaginosas, farinhas, enfim todo um estoque para o seu negócio.

Como uma opção muito mais vantajosa do que uma franquia, o modelo de negócio da ProSaúde já se encontra por todo o país. São 46 lojas já instaladas e a expansão prevista é de 200% até o final de 2020. O sucesso do modelo de cessão e uso de marca da ProSaúde deve-se ao fato de que a marca é forte e trata todos os licenciados como parceiros. Conheça todas as lojas da ProSaúde e veja o potencial de aderir a este investimento.

 

Produtos naturais: franquias ou licenciamento, qual é o melhor modelo?

Se você sempre teve vontade de ter um negócio próprio, mas ainda tem suas dúvidas sobre qual modelo escolher, deve conhecer bem as diferentes propostas. O mercado de alimentação saudável oferece as franquias de produtos naturais e licença de uso da marca e há muitas diferenças entre essas opções.

Para quem é empreendedor de primeira viagem, precisa ter claro qual é o modelo de negócio em que considera mais seguro investir, já que uma escolha errada trará perdas monetárias. Diante de opções de negócio como as franquias ou a licença do uso da marca, há uma série de fatores que você deve levar em conta. 

Descubra neste artigo como funcionam as franquias de produtos naturais e o licenciamento de marca, além de conhecer qual pode ser o melhor para o seu perfil. 

Quais são as diferenças entre as franquias de produtos naturais e a licença de uso de marca? 

Ainda que os setores de franquias de produtos naturais e o de licença de uso de marca sejam diferentes em muitos aspectos, eles se assemelham em alguns. Mas é preciso conhecer cada lado antes de tomar uma decisão. 

Franquia

O modelo de franquias sempre cobra uma taxa agressiva do franqueado para que ele seja incluído na rede, além de um pagamento mensal de royalties. Os royalties são um valor pago pelo direito de uso de uma marca ou propriedade para sua comercialização e são baseados em percentuais sobre o faturamento bruto do volume de negócio. 

Esse valor é estabelecido pelo franqueador e pago pelo franqueado durante todo o período em que o negócio estiver aberto. 

Dentro desse modelo de negócio, as franquias têm imposições ao franqueado, que: 

·         Deve seguir o modelo estabelecido pela franqueadora;

·         Precisa ter os fornecedores e produtos homologados pela franqueadora;

·         Não pode fazer mudanças na loja sem autorização do franqueador;

·         Não pode implementar recursos que estejam fora do contrato;

·         Apesar de poder escolher o imóvel para montar o negócio, é o franqueador quem determina o espaço para a montagem da loja;

·         Depende de recursos, concessões e treinamento da franqueadora para a evolução do negócio;

·         Por contrato, é obrigado a comprar produtos e mantê-los em estoque na quantidade e variedade determinadas pela franqueadora;

·         Não pode incluir outros produtos no mix de itens que não sejam da franqueadora.

Licença de uso de marca 

A licença de uso de marca é toda permissão que concede ao licenciado o uso de uma marca, propriedade intelectual, industrial ou artística.

Ou seja, a proprietária da marca — licenciadora — permite que você utilize o nome, presença de marca e outros atributos para comercializar seus produtos em lojas licenciadas com normas bem menos rígidas.

Há também o estabelecimento de contrato nessa modalidade, mas a rigidez é bem menor que o modelo de franquia. São características desse modelo:

·         É permitido trabalhar com outros produtos dentro da loja, além dos itens da marca;

·         Possibilita que o licenciado participe ativamente em todo o processo do negócio;

·         A licenciadora não cobra royalties;

·         Incentiva o empreendedor, possibilitando o seu crescimento e ajudando-o em seu desenvolvimento.

Quais são as vantagens do modelo de uso de licença de marca? 

O modelo de licença de marca, comparado ao de franquias, oferece diferentes e amplas vantagens. Na verdade, esse é um tipo de negócio que aproveita o melhor das franquias e estende suas possibilidades. 

Tem a garantia de uma marca forte e conhecida 

Um dos grandes atrativos do modelo de uso de licença de marca é a possibilidade de trabalhar com uma marca forte e reconhecida por um público-alvo já estabelecido. Desse modo, o empreendimento volta-se mais a manter e atualizar o estoque de produtos  conforme a necessidade do negócio, com um nome que gera confiança aos clientes. 

A licenciadora auxilia na escolha do mix de produtos 

A licenciadora dá suporte na escolha do mix de produtos para você abrir uma loja de produtos naturais. Esse é um grande incentivo para quem quer empreender nesse ramo, já que uma das maiores dores de cabeça é definir a seleção dos itens com os quais trabalhar, pois essa escolha exige conhecimento prévio sobre os produtos e público. 

Conta com a expertise de uma grande marca no mercado, que já sabe onde investir mais tempo e dinheiro

Uma licenciadora já reúne expertise no mercado, que é todo o conhecimento e prática adquiridos durante anos de atuação.

Essa é uma opção que garante alta confiabilidade do empreendedor com a licenciadora, para que ela oriente o seu negócio desde os primeiros passos, evitando que você perca dinheiro e mostrando como aproveitar melhor os recursos disponíveis.

Permite o acesso a condições melhores de infraestrutura, como equipamentos, softwares, entre outros

Diferente de uma franquia, em que a franqueadora decide onde, quando e quanto, no modelo de licença de marca existe um diálogo melhor e adequação do que é padrão e do que pode ser mudado.

Desse modo, o seu negócio pode contar com os melhores e mais atualizados sistemas para gestão de estoque, controle financeiro e aparatos físicos que o mercado oferece. Claro, desde que o seu investimento supra essas ferramentas avançadas.

Oferece mais autonomia ao licenciado

Entre os benefícios de um modelo de negócio como o uso de licença de marca de produtos naturais em vez de franquias de produtos naturais, a autonomia é uma das melhores vantagens. 

Essa prerrogativa permite que o licenciado participe na definição de seu ponto, no tamanho da loja e na quantidade do estoque. Enfim, participa do seu negócio. Assim, o licenciado não fica preso a inúmeras restrições que as franquias de produtos naturais impõem. 

Esse diferencial de maior liberdade a quem investe permite expandir o negócio com estratégias agregadas à licença de marca. Uma excelente combinação para gerar mais lucros. 

A ProSaúde é uma empresa consolidada há 19 anos no Brasil e segue o modelo de licenciamento de marca em produtos naturais. Assim como você pode comprovar neste artigo, graças aos diferenciais desse modelo de negócio, a empresa segue em grande crescimento.

O licenciamento do uso da marca ProSaúde tem o melhor custo-benefício do mercado. Além de ter o seu próprio negócio, você terá o suporte da rede em todo o processo, desde a escolha do seu ponto, layout interno e externo da loja, o passo a passo na instalação, treinamento padronizado desde o conhecimento dos produtos, medicina tradicional chinesa, vendas, gestão e associação de produtos para melhor resultado tanto para o cliente quanto no seu ticket médio.

Com uma linha seleta e exclusiva de produtos e itens para uma maior qualidade de vida, alimentação saudável e tratamentos naturais para a prevenção de doenças, a rede já conta com dezenas de licenciados por todo o país. 

A ProSaúde está em plena expansão. Venha você também investir em uma loja de produtos naturais!

A ProSaúde se destaca, assim, como uma opção mais viável de investimento, em relação às franquias de produtos naturais. Segurança, apoio, custos reduzidos e o não pagamento de royalties são motivos suficientes para investir certo na rede.Quer saber mais sobre esta oportunidade única e incrível? Conheça as lojas licenciadas da ProSaúde pelo Brasil!

 

Investimento no mercado de produtos naturais dá lucro?

Montar um comércio de produtos naturais é uma aposta promissora no cenário atual. Esse tipo de investimento tem aumentado bastante graças à mudança nos hábitos das pessoas, que desejam a prevenção de doenças, melhora na qualidade de vida e longevidade. 

A busca por maior qualidade de vida alavancou o mercado de produtos naturais, mostrando que esse modelo de negócio é um ótimo investimento e vem se desenvolvendo sistematicamente, com uma perspectiva ainda maior de crescimento. Aproveitar este momento representativo não é nenhum modismo, mas sim uma grande oportunidade de investimento para você.

Mesmo que existam desafios para abrir um comércio de produtos naturais, também há vários passos seguros para superá-los. Você vai aprender neste artigo quais são os desafios do setor e como ultrapassá-los. 

Quais são as dificuldades de abrir um comércio de produtos naturais?

Muito antes de montar uma loja de produtos naturais, você deve conhecer os desafios comuns desse mercado e ter uma visão clara a respeito desse setor que tem tido recordes em vendas nos últimos anos.

Encontrar fornecedores confiáveis

Em qualquer meio, é difícil contar com fornecedores confiáveis, que vão atender seus pedidos da forma como combinado e ainda, tão importante quanto, que terão produtos seguros para você oferecer aos seus clientes. 

Um comércio de produtos naturais trabalha com centenas de itens, a exemplo de suplementos alimentares, castanhas, cereais e grãos integrais. Por isso, é preciso garantir um bom fornecedor. 

Ser guiado em todo esse processo é essencial para o seu sucesso, por isso, a importância de ter uma parceria completa com quem tem o conhecimento necessário. 

Manter produtos em estoque defasado 

Não ter produtos atualizados de acordo com as novidades do mercado também representa um risco alto, que gera muitas perdas de vendas e do próprio produto. 

Artigos de linhas antigas e sem apelo aos desejos do público tendem a ficar parados nas prateleiras e no estoque, perdendo a validade e exigindo o descarte, o que gera prejuízos nesse modelo de negócio. 

Giro de estoque 

Uma das dificuldades de todo empreendedor na hora de montar uma loja é trabalhar com um estoque redondo, ou seja, que gire bem. Conseguir equilibrar essa área do comércio pode ser muito complicado quando não se tem disponíveis as ferramentas, a orientação e o conhecimento necessários

Produtos com prazo de validade curto

Produtos naturais são muito diferentes de alimentos industrializados. Eles não concentram inúmeros aditivos químicos e conservantes, já que prezam pela alta qualidade e sabor natural dos alimentos. Por esse motivo, o prazo de validade deles é curto.

Fazer propagandas que não atingem seu público

A propaganda continua sendo a alma de qualquer negócio, porém, deve ser sempre seguida de resultados e entregas fiéis ao divulgado. Não entender a linguagem de seu público-alvo ou se comunicar de maneira complicada aos olhos e ouvidos das pessoas trazem prejuízos na imagem e, consequentemente, nas vendas.

Não saber como fazer parcerias com órgãos públicos 

Um comércio de produtos naturais precisa muitas vezes contar com o apoio de órgãos públicos, seja no momento de abrir uma loja, seja durante seu funcionamento. Afinal, o lugar precisa ser validado por órgãos de saúde municipais, estaduais e federais e está submetido a normas técnicas e leis do setor.

Não incluir no investimento o frete, impostos, aluguel, funcionários e outros itens 

Todos os custos e despesas devem ser calculados em qualquer negócio, inclusive no comércio de produtos naturais. Desde despesas com luz, água, telefone, funcionários, aluguéis e investimentos na melhoria do espaço físico. Não fazer esse ajuste no controle financeiro traz enormes prejuízos. 

Controlar o estoque com precisão 

A digitalização é parte fundamental também no comércio de produtos naturais, já que traz maior precisão no controle da sua empresa. Fazer o controle e o giro do seu estoque de maneira manual poderá acarretar perda de produto, contagens erradas e prejuízos em vendas.

Não calcular o ticket médio

O ticket médio serve para guiar as vendas de um comércio, pois mostra o quanto em média os clientes gastam em uma loja de produtos naturais. Não saber calcular e não ter esse indicador de desempenho da loja interrompe o êxito financeiro do estabelecimento e seu crescimento. 

Como montar uma loja de produtos naturais?

Seguir um passo a passo preciso para abrir seu negócio é crucial, assim é possível evitar que os erros, mesmo que mínimos, não aconteçam, o que poderia retardar a abertura do seu comércio de produtos naturais. Trabalhar com vitaminas, alimentos saudáveis, suplementos alimentares e demais itens da categoria será mais seguro do que você imagina, se tiver a orientação necessária

De acordo com o Sebrae, são criados anualmente cerca de 1,2 milhões de micro e pequenos negócios, mas apenas metade deles consegue avançar. A outra metade termina em menos de dois anos, um prazo que coloca à prova a sustentabilidade do negócio.

Por isso, abrir-se às mudanças, ter suporte e ser guiado por empreendedores que já têm um vasto conhecimento na área é fundamental para o seu investimento.

Estude o mercado 

Estudar o mercado de produtos naturais é o primeiro passo para investir certo e ter bons resultados. 

O setor, que está em ascensão no Brasil e no mundo, hoje já conta com informações distribuídas largamente em jornais, revistas, redes sociais e internet. Informar-se a respeito das tendências, novidades e riscos do setor é acessível.

Alguns dados para você entender a importância desse segmento no país:

Todos esses dados evidenciam que há, no Brasil, um cenário propício para a abertura de um comércio de produtos naturais. Tanto por motivos de mudanças de hábitos das pessoas quanto por quadros de doenças já instaladas e que precisam ser controladas.

Escolha uma boa localização 

Escolher uma boa localização para o seu comércio de produtos naturais depende de vários fatores. O imóvel deve ter espaço suficiente para todos os equipamentos, móveis  dispostos de forma que a equipe e os clientes circulem tranquilamente.

Ainda, o local deve ser de preferência próximo, ou em um centro comercial, ou ficar em uma rua com grande tráfego de pessoas e veículos. Contar com o diferencial de um estacionamento na loja destaca o negócio e atrai mais pessoas ao comércio.

Cumpra com as exigências fiscais e legais 

O mercado de produtos naturais deve ser totalmente legal e cumprir com as normas técnicas do setor. Deve-se atender às legislações e auditorias da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e outros órgãos estaduais, municipais e federais. 

Desse modo, o seu negócio pode vender vitaminas, alimentos saudáveis, suplementos, ervas medicinais, cosméticos da categoria e outros produtos com segurança. 

Monte a estrutura

A estrutura de um comércio de produtos naturais de porte pequeno fica entre 25 e 40 m². Esse espaço acomoda sem apertos a equipe e os clientes.

O espaço físico deve comportar móveis (balcões e prateleiras), equipamentos, estoque, ou seja, deve ter tamanho suficiente para que tudo esteja organizado e com visual limpo aos olhos dos clientes.

Conte com uma equipe especializada

A equipe de uma loja de produtos naturais deve ser formada por pessoas que já tenham conhecimento sobre essa área, ou ser treinada para tal. Esse aspecto é muito relevante, já que muitos clientes precisam de auxílio para buscar produtos e obter as informações corretas.

Tenha os equipamentos adequados

O conjunto de equipamentos necessários para atender os clientes e organizar a loja de forma ágil e eficiente é basicamente composto de:

·         Prateleiras e gôndolas;

·         Balcão;

·         Impressora;

·         Freezer ou geladeira;

·         Computador;

·         Caixa;

·         Telefone.

Trabalhe com produtos de qualidade

Esse quesito é muito importante para que você sempre ofereça a garantia de produtos adequados às exigências e necessidades de seus clientes.

Comercializar produtos de procedência garantida e qualidade comprovada aumenta a confiança do consumidor em sua loja. Assim, os clientes tendem a comprar mais de seu comércio de produtos naturais e indicá-lo a familiares e amigos.

Automatize a gestão da loja

A gestão da loja e do estoque deve ser automatizada com softwares conhecidos como ERP. Esses sistemas integram dados de funcionários, fornecedores, estoques, vendas, entre outros.

Essa automatização garante que você faça o acompanhamento correto entre estoque digital e físico, permitindo que suas compras de produtos sejam ainda melhores. 

Faça um investimento de acordo com o modelo da loja

O investimento deve ser feito de acordo com o porte da loja, para que o seu caixa não tenha prejuízos nem faltem recursos para melhorias, ou mesmo para o pleno funcionamento do comércio. Por isso, ter um plano administrativo do negócio é fundamental. 

Assegure um capital de giro 

O capital de giro é um valor destinado a manter o negócio enquanto ele não atinge seu ponto de equilíbrio — quando a loja já se paga e gera lucros. Esse valor deve ser devidamente calculado e assegurado para que toda a gestão financeira caminhe bem. 

Diversifique o mix de produtos para agregar valor 

O mix de produtos de um comércio de itens naturais precisa contar com muita variedade, já que o setor oferece uma infinidade de possibilidades para vender. Esse critério deve ser feito também de acordo com o público da região, buscando atender sempre a todos com o melhor. 

Faça a divulgação adequada

A divulgação de um comércio de produtos naturais, hoje em dia, está facilitada devido à internet. Portanto, fazer um trabalho de divulgação do seu negócio usando redes sociais e um site bem formatado é essencial para atrair mais clientes e realizar vendas.

Também panfletos, anúncios em jornais e revistas locais, além de divulgação em rádio e TV podem ser feitos. Contudo, esses veículos exigem um investimento maior do que a internet.

Participe de eventos do setor

Como parte do trabalho constante de um empreendedor do mercado de produtos naturais, o relacionamento com outros profissionais do setor é essencial.

Esse acompanhamento da área se dá ao participar de feiras, exposições e eventos do meio. Tudo isso ajuda a formar uma visão mais ampla de negócio, além de aumentar as chances de parcerias e melhores resultados.

Em qual loja investir?

Escolher entre o tradicional modelo de franquia e outros, como o de licença de uso de marca, deve ser analisado. A ProSaúde trabalha no modelo de licenciamento, o que garante vantagens acima do que uma franquia pode oferecer. 

O modelo de negócio da ProSaúde permite que você trabalhe com um mix de produtos variado, com quantidades e tipos à sua escolha, além de você ter autonomia para realizar melhorias na loja, sem limitações da empresa licenciadora. 

A marca é reconhecida há 14 anos por todo o Brasil. Com isso, o seu caminho para abrir um comércio de produtos naturais que já é sucesso em vendas está seguro.Conheça as lojas da ProSaúde e veja como diversas pessoas já fazem parte deste mercado de sucesso!

 

Por que eles escolheram investir na ProSaúde

Alta rentabilidade, liberdade de escolha, suporte adequado e diversidade de produtos com excelente qualidade para atender muitos clientes. Esses são apenas alguns dos critérios que fazem com que muitos empreendedores escolham a ProSaúde para investir. 

Aproveitando-se do grande momento do setor de produtos naturais, muitas pessoas entram em contato com a ProSaúde para conhecer o modelo do nosso negócio. A parceria é sucesso em diversos estados do país, levando bons lucros a centenas de novos empreendedores, seja a curto, médio ou longo prazo. 

Conheça, neste artigo, depoimentos de diversos empreendedores que se aliaram à ProSaúde Produtos Naturais, com os resultados sobre a parceria! 

Conheça depoimentos de quem fez a escolha segura de investir na ProSaúde 

Ainda que você pense que há riscos em um investimento em comércio de produtos naturais, as pessoas que investiram na ProSaúde mostram os benefícios da aposta. 

Suporte e treinamento sobre naturopatia e gastronomia, produtos naturais, melhor localização da loja, gestão e finanças estão dentro do pacote da nossa empresa. Tudo isso embasa uma escolha mais precisa, rumo a montar uma loja de sucesso. 

Depoimento Sara – Cruzeiro do Oeste

O apoio da ProSaúde foi imprescindível para que a Sara pudesse realizar sua vontade de empreender com segurança. 

“Quando pensei em montar um negócio voltado à área de saúde, decidi por uma loja ProSaúde. A rede me ofereceu um apoio completo na montagem da loja, planejamento estratégico e treinamento para venda dos produtos. 

Estou muito feliz com o meu negócio. Para você que tem interesse em abrir seu próprio negócio, recomendo uma loja ProSaúde.” 

Depoimento Katiane, Rodeio Bonito 

Forte presença de marca no mercado e os quase 20 anos de experiência da ProSaúde serviram como porto seguro para que a Katiane montasse sua loja. Além, claro, da ágil prestação de serviços ao lojista, para orientá-lo sobre a abertura do comércio. 

“Eu escolhi a ProSaúde pelos anos de experiência que ela tem, por ser uma empresa séria e comprometida com a saúde de seus clientes.

A ProSaúde deu um suporte excelente no momento da implantação da loja, sendo que todas as dúvidas eram sanadas o mais breve possível. Eu me sinto muito feliz em fazer parte da família ProSaúde, e em poder fazer a diferença na vida das pessoas.” 

Depoimento Denise e Juari – Jataí

A Denise e o Juari optaram pela ProSaúde pelo apelo da alimentação saudável e dos produtos naturais, que os atraíam. Quando eles souberam que a ProSaúde é uma marca reconhecida no Brasil inteiro e tem a garantia que precisavam, fizeram seu investimento. 

“O ramo da alimentação saudável e produtos naturais sempre me chamou a atenção.

Pesquisei e conheci a ProSaúde, uma marca que está há quase 20 anos no mercado com produtos de ótima qualidade. 

Estou com um ano e três meses de loja e sou apaixonada pelo que faço. Hoje vivo uma experiência surpreendente, um trabalho que desempenhamos com satisfação e sensação de dever cumprido.” 

Depoimento Marli – Missal 

Depois de um período trabalhando como vendedora de uma loja ProSaúde, a Marli decidiu crescer e se tornar mais uma de nossas parceiras. O sonho dela era aumentar o seu ganho e por ter visto na prática como uma loja ProSaúde poderia proporcionar isso e muito mais, resolveu investir! Conhecendo os produtos e com uma visão ampla sobre vendas, ela obtém seus lucros com a mesma confiança de quando era funcionária, com a diferença de que agora é dona do seu próprio negócio! 

“Decidi investir na ProSaúde porque já trabalhava na loja como funcionária e via grande potencial na marca. Hoje, como sócia-proprietária, estou muito satisfeita com o lucro que tenho e com o que a marca me proporciona.”. 

Depoimento Anne – Telêmaco Borba 

O apoio na montagem e na escolha do espaço físico foi essencial para que a Anne fizesse um investimento na ProSaúde à altura de suas expectativas. O resultado é que ela está bastante satisfeita com a escolha. 

“Escolhi a ProSaúde há dois anos, quando, junto com meu esposo, conhecemos as fábricas e nos encantamos pela qualidade. O apoio na instalação da loja foi fundamental. Estamos muito satisfeitos. Com certeza, eu recomendo a ProSaúde.”.

Depoimento Thaisa – Frederico RS 

A visão, a missão e os valores que a ProSaúde carrega em sua jornada de mais de uma década de negócio garantiram uma escolha acertada à Thaisa. A empresária encontrou no investimento ProSaúde a sua identificação imediata, sustentada pela qualidade dos produtos e do apoio ao lojista. 

“A ProSaúde proporciona às pessoas bem-estar, qualidade de vida e saúde. É isso que me fez querer trabalhar com essa marca. Não existe nada mais gratificante do que trabalhar melhorando a vida das pessoas. Os produtos da ProSaúde são de alta qualidade e quem usa assina embaixo. 

O melhor de tudo é o apoio que recebemos da rede, com orientação, aperfeiçoamento e treinamentos. Sabemos que podemos contar sempre com essa equipe maravilhosa. Estamos muito felizes com nossa loja. O retorno desse trabalho incrível é cada vez maior.”.

Depoimento Andreia – ProSaúde de Nova Mutum – MT

A identificação com os produtos naturais da ProSaúde, unida à qualidade da marca, treinamentos e a liberdade de escolher fizeram a Andreia decidir pelo negócio. 

“Montei uma ProSaúde porque me identifico com os produtos, e o principal é que a rede me proporciona liberdade para trabalhar. O apoio da rede e os treinamentos oferecidos são muito importantes. Acredito que somos uma equipe e trabalhamos juntos. Estou satisfeita com a minha loja.”.

Saiba por que a ProSaúde é um ótimo investimento 

Um investimento seguro é parte de um bom planejamento estratégico, e a ProSaúde oferece todo o seu know-how a quem investe na rede. Com o modelo de licenciamento de uso de marca, a ProSaúde garante todo o suporte para que o lojista se sinta seguro e guiado com informações sólidas sobre o mercado de produtos naturais.

O auxílio na escolha do ponto da loja e o ensino de técnicas de atendimento e também sobre como trabalhar o visual do espaço são parte das ações de apoio da ProSaúde.

Com o mercado crescente de alimentação saudável, a ProSaúde é uma das melhores apostas quando o assunto é ter um alto retorno sobre o investimento.

Conheça todas as lojas da ProSaúde, inclusive as dos lojistas apresentados acima e de muitos outros que aderiram a esse modelo de sucesso e estão satisfeitos com a escolha.

 

 

Quer ser uma empreendedora, mas tem medo? Saiba como ter mais segurança aqui!

Arriscar empreender nem sempre vem acompanhado só de confiança e valor para ser investido. Muitas vezes, a sensação de insegurança vem à tona. Porém, saiba que há várias formas de vencer o medo de abrir o próprio negócio e transformar as suas ideias em ações para realizar seu sonho.

Antes de se aprofundar no assunto, você deve saber que o medo é um sentimento comum de qualquer pessoa que vai abrir o próprio negócio. Claro, há diferentes níveis e formas como cada pessoa lida com essa sensação, mas contornar esse medo é o que vai definir suas escolhas com segurança.

Se você sempre teve vontade de abrir o próprio negócio, mas ainda não chegou à ação por medo, não pode deixar de ler este artigo. Descubra como tirar a sua ideia de negócio do papel e fazê-la acontecer de verdade!

Faça uma avaliação analítica de oportunidades para vencer o medo de abrir o próprio negócio 

Entrar de cabeça na hora de abrir um comércio próprio é mais simples se você tiver segurança sobre os passos que dará rumo ao seu sonho. Para que você cumpra essa etapa importante na hora de vencer o medo de abrir o próprio negócio, analise friamente o mercado em que busca atuar.

Seja de produtos naturais, cosméticos ou outro nicho de mercado, é essencial que você conheça as práticas do setor, modelos de lojas, tipos de públicos-alvo, entre outros fatores.

Toda essa reunião de informações dará as referências certas que nortearão as suas escolhas e também vão melhorar o seu olhar de negócio. Estude dados, pesquisas, siga especialistas na área, converse com profissionais do mercado e sempre busque informações relevantes sobre o segmento.

Assim, será praticamente impossível abrir um novo negócio que se sustenta em modismos e é passageiro e, no lugar,  o ideal é abrir um comércio que é tendência sólida de mercado.

Foque em um nicho específico de mercado e estude-o bem

Assim como outras escolhas na vida profissional, quanto mais especificidade você tiver sobre determinado campo em que quer atuar, melhor será a sua atuação. Diante dessa dica, foque os seus esforços em um nicho de mercado que abrange com maior precisão um público e produtos específicos.

Abrir um comércio de nicho também é mais seguro do ponto de vista de estruturação de negócio. Pense que, ao se concentrar em uma determinada área, você terá maiores chances de acertos, se comparado a criar um negócio que busque “atender a todos”. Na maioria dos casos, este segundo modelo não atende ninguém bem e não consegue ter êxito.

O modelo de franquias oferece bastante espaço nesse sentido de nichos e conta com suporte da franqueadora, o que ajuda muito em sua empreitada, principalmente no início.

Verifique o quanto de suporte você terá, se for investir em uma marca já existente

Como parte estratégica para perder o medo de abrir o próprio negócio, avalie a possibilidade de investir em um segmento consolidado no mercado. Por exemplo, as marcas licenciadas, revendas e até as franquias têm a vantagem de ser aceitas por um público que, muitas vezes, não precisa ser conquistado do zero, como uma loja própria deve fazer.

Caso ainda opte por esse modelo de negócio, estude o suporte e a garantia que a franqueadora oferece ao licenciado ou franqueado. Desse modo, você pode preparar sem medo nenhum a sua entrada no mundo das mulheres empreendedoras, com segurança garantida.

Analise também casos de outras mulheres e empresários que trilharam o caminho que você quer percorrer e veja as dificuldades e êxitos que tiveram. Aprender com os erros e acertos dessas pessoas fará com que você conheça os próprios passos que deve dar e tenha expectativas reais sobre o negócio.

Avalie a concorrência do segmento em que você quer atuar

Antes de abrir o próprio comércio, avalie a concorrência também, para saber o que oferecem as redes que disputam a mesma fatia do mercado com você. Escolha desde concorrentes grandes a menores, para ver como cada um se posiciona perante a mesma área.

Entender como os concorrentes se destacam com produtos ou serviços diferenciados vai fornecer a você um olhar panorâmico e apurado sobre o empreendimento. Também é fundamental descobrir os pontos fracos dos concorrentes, pois é neles que o seu negócio deve atuar para se diferenciar.

Desse modo, além de você receber um reforço para perder o medo de abrir o próprio negócio, o seu comércio terá tudo para aparecer à frente da concorrência para os clientes.

Pense na possibilidade de fazer uma sociedade

Trazer para o seu novo negócio uma pessoa capacitada e que te dê apoio para seguir rumo ao sucesso é uma boa ideia de negócio. Apostar nessa ação não é apenas dividir custos para abrir de fato um negócio, mas também compartilhar conhecimentos e especialidades, sempre focando no que você é melhor.

Na verdade, não existe uma empreendedora que reúna tudo o que as empresárias de sucesso têm de qualidades. Por isso, a união de pessoas com capacidades complementares resulta em melhores ações para o negócio.

Portanto, se você é excelente em administrar, mas não é habilidosa para se comunicar com a equipe e delegar tarefas, isso pode ser feito por um sócio ou sócia experiente no assunto. Dessa maneira, o negócio flui muito mais fácil e os ganhos em produtividade também serão expressivos, contribuindo para que o seu foco e o do negócio não se percam.

Tenha um plano de negócios

Elabore um plano de negócios consistente. Mais conhecido no mundo empresarial como business plan, é esse documento que vai guiar os seus passos para abrir um comércio.

De forma bem simples, o plano de negócios é um documento que reúne todos os pontos estratégicos de sua ideia de empreendimento com a missão, visão e valores. A partir dele, fica muito mais prático visualizar o que deve ser feito e seguir um caminho mais seguro, que será eficaz na hora de fazer você perder o medo de abrir o próprio negócio.

Se você precisa de um auxílio consistente para impulsionar a sua ideia de negócio e trazer muitas vendas, observe o modelo da ProSaúde. A empresa tem uma área de apoio ao licenciado, que oferece suporte completo para você começar seu novo negócio, do marketing à montagem das lojas.

A ProSaúde foi fundada em 2000 e possui mais de 100 itens com marca própria e uma indústria inteira de alimentos funcionais! Além disso, a empresa traz um time de especialistas em gestão de lojas, focados em entregar as melhores práticas de gestão e liderança no segmento de produtos naturais. Desse modo, fica muito mais simples perder o medo de abrir o próprio negócio, não é verdade?

Mas, para te deixar ainda mais tranquila ao abrir sua própria empresa, a ProSaúde ainda se mantém sempre atualizada, para garantir uma visão muito mais estratégica para o negócio, trazendo para os licenciados treinamentos anuais para gerar equipes qualificadas e aumentar as vendas!

Conheça a rede de lojistas da ProSaúde e veja os modelos de lojas de sucesso da rede de franquias! Confira um vídeo institucional e conheça melhor a ProSaúde: