Alimentos que interferem na sexualidade

A libido, o desempenho sexual e a fertilidade estão diretamente relacionados à alimentação. Alguns alimentos interferem na sexualidade de maneira positiva; outros, acabam impactando negativamente.

Segundo endocrinologistas, isto acontece porque determinados alimentos modulam a produção de neurotransmissores e hormônios relacionados à sensação de bem-estar e de prazer, influenciando o bom funcionamento dos órgãos genitais e a fertilidade.

 

Hormônios ligados ao prazer

Para quem procura melhorar a saúde sexual, dica importante está em manter alimentação saudável, equilibrada e variada, combinando alimentos-chave, também conhecidos como afrodisíacos.

O consumo de alimentos ricos em vitaminas do complexo B (especialmente B6 e B12), vegetais de folhas verdes escuras, canela, gengibre, cereais integrais, frutas (banana, maçã, laranja, tâmaras), leguminosas, castanhas (nozes e amendoim) e o chocolate amargo contribuem para o aumento de serotonina, dopamina e noradrenalina, hormônios ligados ao prazer.

O mesmo acontece com produtos elaborados a partir do “Tribulus terrestris”, da maca peruana e do ginseng, afrodisíacos naturais que aumentam a libido e que podem ser consumidos por ambos os sexos.

 

Produção de testosterona

Alimentos ricos em zinco melhoram a produção do hormônio testosterona, essencial para a função sexual e reprodutora masculina.  Eles também são importantes para a libido e a fertilidade feminina.

O zinco é encontrado nas leguminosas (como feijões), sementes de girassol, linhaça, soja, aveia, ervas aromáticas, açafrão, cúrcuma, abacate, batata-doce e amendoim, além de outros.

 

Efeito contrário

Nem todos os alimentos, contudo, ajudam na hora de esquentar a relação. Laticínios em excesso, bebidas alcoólicas, frituras, carnes e outros ingredientes que contêm grande quantidade de gordura, não são indicados para o cardápio, já que podem afetar o desejo sexual.

 

Bons hábitos

Em suma, o poder de despertar estímulos sexuais ou melhorar o desempenho sexual resulta do cultivo de bons hábitos todos os dias e de alimentação saudável e balanceada.