Como ter mais energia e disposição no dia-a-dia

 

Em razão da agitação e do corre-corre mais intensos dos dias atuais, não são poucas as pessoas que NÃO SE SENTEM DISPOSTAS.

Há muita gente com falta de energia e disposição, mas, elas precisam saber que tem como ter mais energia e mais disposição para enfrentar os desafios do dia-a-dia.

Mexer na dieta, valer-se de suplementos e dedicar-se às atividades físicas são alternativas que ajudam a melhorar as condições físicas e mentais para enfrentar as ações de todos os dias.

 

Nível moderado é aceitável

 

Sentir cansaço, ter pouca disposição e sofrer com a falta de energia são aspectos quase que normais no dia-a-dia de quem tem dia cheio de atividades. O detalhe é que isto pode ser considerado como normal desde que aconteça em nível moderado.

Há que se atentar para o fato de que a falta de energia excessiva compromete a saúde e o bem-estar.

Caso ocorra cansaço excessivo decorrente da falta de energia, então, a indicação é a de que alguns hábitos de vida precisam ser mudados porque, certamente, estão atrapalhando o desempenho e contribuindo para a falta de disposição e, por extensão, para o baixo rendimento causado pelo cansaço exagerado.

 

Cansaço físico e mental

 

Na atualidade, correr para dar conta do trabalho, das tarefas caseiras ou dos estudos faz parte da rotina de grande número de pessoas.

Por causa das intensas atividades diárias é normal, ao final do dia, o indivíduo se encontrar esgotado física e mentalmente.

Para combater o cansaço tanto físico quanto mental existem suplementos com ingredientes ativos que atuam como estimulantes do sistema nervoso central com ações antidepressivas, já que funcionam no controle da fadiga e, ao mesmo tempo, ainda são estimulantes da atividade mental.

 

Suplementos vitamínicos e minerais

 

Suplementos ricos em vitaminas e minerais são capazes de aumentarem a disposição física. Exercem a função, sem, contudo, engordarem, uma vez que possuem propriedades termogênicas que auxiliam a perda de peso.

A recomendação é apropriada e ideal para quem deseja melhorar a disposição para o dia-a-dia.

 

https://gooutside.com.br/alimentos-que-dao-mais-energia/

 

O que fazer para ter mais energia

 

Para a pessoa ser mais produtiva, ela precisa seguir algumas recomendações fundamentais.

A indagação é: quem não quer ter mais energia e disposição para executar as tarefas?

Diante de rotina acelerada não é raro encontrar pessoas que se sintam oprimidas e cansadas.

A boa notícia é que há maneiras de reabastecer a disposição.

 

  • Melhorar a alimentação

A qualidade da alimentação tem importância essencial no fornecimento de energia para o indivíduo. A alimentação saudável é capaz de ampliar sobremaneira a produtividade.

Pessoas bem-sucedidas e dispostas planejam detalhadamente a alimentação diária porque sabem que se trata de fator determinante para a obtenção de bons resultados.

 

Neste contexto, importante se torna reduzir o nível de consumo de carboidratos e de açúcares, elevando, em contrapartida, o consumo de frutas, de verduras, de legumes e de proteínas de alto valor biológico. Os efeitos serão, com certeza, facilmente notados.

  • Intercalar tarefas

Não é difícil acontecer que, muitas vezes, o cansaço pode ser mental e não físico.

Pode acontecer de o cérebro estar “entediado”, e, aí, neste caso, há a necessidade de dar novos estímulos para que ele volte a funcionar bem e em alta intensidade.

Alternar, nesta situação, a natureza das tarefas é

alternativa bastante viável. Se, entretanto, não houver a opção de diversificar as tarefas, fazer pausa de poucos minutos já será o suficiente.

  • Melhorar a qualidade do sono

Em muitas situações, o cansaço ao longo do dia decorre da má qualidade do sono. Se este for o caso, é preciso atacar o problema de modo direto.

Acompanhe algumas dicas para melhorar a qualidade do sono.

> Tomar colher de mel antes de ir para a cama.

> Dormir em ambiente totalmente escuro.

> Evitar o consumo de cafeína, sobretudo após as 18h.

> Não praticar exercícios físicos próximo ao horário de ir para a cama.

> Adotar suplementação natural, com a ajuda de especialista.

Maior disposição

 

Seguindo estas recomendações, a tendência é a de que os níveis de disposição permaneçam altos durante o dia.  Experimente!

 

Não confiar em métodos mirabolantes

 

Ter disposição física e mental é imprescindível para enfrentar a rotina cada vez mais corrida.

A questão é: como ter mais energia e disposição para o dia-a-dia?

Objetivando responder a este questionamento, muitas pessoas investem em métodos mirabolantes ou milagreiros, fato que nem sempre resulta em benefícios.

É possível garantir o bom pique (disposição) durante todo o dia com a adoção de pequenos hábitos, entre os quais está a necessidade de ir para a cama mais cedo.

 

Dia mais produtivo

 

Confira, na sequência, dicas para tornar o dia mais produtivo. Elas ajudam a dar um “gás” no seu ânimo.

Acompanhe!

 

  • Alimentar-se bem

Não é novidade o fato de que a alimentação está diretamente relacionada à disposição, por isto, além de adotar cardápio balanceado e nutritivo (rico em frutas, verduras, cereais integrais, etc.) há alimentos capazes de aumentarem a energia.

São os casos, por exemplo, do açaí, da água de coco; da banana; da maca peruana; do guaraná; de oleaginosas (nozes, castanhas, amêndoas etc.), do mel, da aveia, do chocolate amargo e do chá verde, além de outros.

Paralelamente à dieta balanceada há a necessidade de consumir pequenas porções de alimentos diversas vezes ao dia (de três em três horas) para evitar o exagero e a ingestão de alimentos calóricos, fato que diminui a energia e, por consequência, a produtividade.

 

  • Dar muita atenção ao desjejum

Desjejum caprichado e com alimentos saudáveis possibilita que a refeição seguinte exija menor quantia de comida, o que é importante para evitar a sensação de peso na barriga que ocorre após o almoço, por exemplo, com ingestão exagerada de alimentos.

O desjejum precisa ser reforçado. O ideal é consumir proteínas, vitaminas e carboidratos, especialmente, dando preferência aos integrais. Frutas, pães, iogurtes, ovos mexidos e grãos (aveia, linhaça, etc.) são tipos de alimentos que podem compor o desjejum.

Não se pode esquecer que, ao acordar, o corpo tem pico de glicose. O resultado é energia instantânea, que logo cai. O ideal, por isto, é consumir na primeira refeição do dia, alimentos que ajudem a baixar o índice glicêmico. A recomendação, portanto, é a de evitar farinhas brancas.

 

  • Ter boa noite de sono

Não é difícil entender que noite mal dormida prejudica o desempenho e a produtividade no dia seguinte. Para evitar estes prejuízos, portanto, a dica é investir em métodos que aumentem a qualidade do sono.

< Uma hora antes de dormir não mexer no celular ou no computador.

< Deixar o celular desligado ou, então, no modo silencioso enquanto dorme.

< Avaliar a necessidade de trocar o colchão ou o travesseiro.

< Adquirir colchão que melhore a qualidade do sono, já que existem modelos que ajudam a temperatura corporal, com espumas que se adaptam perfeitamente ao corpo, entre outras opções.

< Não assistir filme de terror ou suspense antes de dormir.

< Acordar no mesmo horário todos os dias, inclusive, nos finais de semana.

  • Fazer exercícios de maneira regular

Os exercícios regulares são capazes de melhorarem a disposição diária. Isto decorre do fato de que o organismo é motivado pela ação da endorfina, hormônio responsável pela sensação de prazer e de bem-estar.

Ademais, as atividades físicas estimulam a capacidade do corpo de enfrentar exigências, encontrando, para tanto, formas de fazer frente a novo desafio.

É preciso ter cuidado, contudo, com o horário para se exercitar. A sugestão é dar preferência ao horário pela manhã, evitando se movimentar muito nas horas que antecedem o momento de dormir.

  • Fazer pequenas pausas no dia-a-dia

Existem tipos de trabalho que facilmente acabam com a energia da pessoa. Por isto, importante se torna fazer pequenas pausas durante a atividade. Tirar de cinco ou 10 minutos para beber água, caminhar um pouco ou, até mesmo, para responder a alguma mensagem.

Ocorre que durante a pausa o cérebro é oxigenado e se relaxa para se preparar para voltar à concentração. Fazendo isto, a produtividade, por consequência, aumenta e os resultados positivos aparecem.

 

 Não ser perfeccionista

Para buscar extrema perfeição, a pessoa tem a necessidade de utilizar o cérebro por mais tempo e com maior grau de intensidade. Em razão desta exigência, ela acaba desperdiçando energia para a realização de tarefas que já deveriam estar finalizadas.

 

  • Beber muita água

Pelo fato de uma leve desidratação ter a capacidade de até mesmo alterar o volume do sangue, não fica difícil entender a importância do consumo diário de, pelo menos, 2,5 litros de água.

Entre as consequências da falta de água no organismo, entre outras dificuldades, está o maior esforço que o coração precisa fazer para bombear o sangue, ou seja, o quadro faz com que o organismo reduza a velocidade com que os nutrientes chegam às células.

Importante, portanto, é beber 2,5 litros de água por dia (inclusive, no inverno).

  • Viver momentos relaxantes

Várias das ações realizadas em casa mesmo são capazes, muitas vezes, de surtirem o mesmo efeito de um tratamento feito num serviço personalizado de atendimento (SPA).

Tomar banho quentinho sem pressa, fazer a hidratação do cabelo, esfoliar o rosto, espalhar ervas aromáticas pela casa, meditar, além de outras atividades, ajudam a relaxar corpo e mente. É preciso investir, portanto, em momentos relaxantes, uma vez que, também, são importantes e, ainda, revitalizadores.

  • Não abandonar a vida sexual

Durante a excitação, o corpo libera diversas substâncias (dopamina, endorfina e serotonina) que elevam o humor, a felicidade e a disposição.

A prática sexual, igualmente, relaxa, energiza e reequilibra o corpo, por isto, as chances de a pessoa acordar bem-humorada e feliz aumentam significativamente.

  • Escolher muito bem as companhias

Já que há, infelizmente, pessoas que têm o poder de “sugar” a energia de outras, a relação com elas precisa ser evitada ao extremo.

Trata-se de forma de preservar o bem-estar próprio. Adquire importância, por esta razão, a decisão de escolher muito bem as amizades. Fundamental é colocar limites em pessoas que prejudicam e, se for preciso, não titubear para, eventualmente, até mesmo cortar a relação. Importante, de semelhante modo, é não esquecer que a saúde física e mental precisa estar sempre em primeiro lugar.

Hábitos que tiram energia

 

Há diversidade de costumes mantidos por pessoas que contribuem para que a energia, seja mental seja física, seja esgotada.

Confira!

 Não se manter sob estresse

Não existe pessoa que consegue evitar completamente situações estressantes, uma vez que a maneira pela qual a pessoa lida com o problema é que vai definir o quanto ele é prejudicial.

Pesquisas evidenciam que pessoas que não controlam o estresse ficam exaustas.

  • Evitar a hidratação inadequada

Manter-se bem hidratado todos os dias é altamente importante tendo em vista os benefícios que o hábito gera a todos os sistemas do corpo, até mesmo o nível energético.

Estudos comprovam que até mesmo uma desidratação leve é capaz de comprometer os níveis de energia do organismo.

  • Impedir sono de má qualidade

Outro fator que tem influência direta nos níveis energéticos é o sono. Isto, porque, durante o sono o organismo segue em atividade, recuperando a mente e o corpo através da ação de hormônios reguladores do metabolismo. De suma importância, portanto, é o fato de que o sono precisa ser restaurador e ter a duração de quantidade satisfatória de horas.

 

  • Fugir do estilo de vida sedentário

De forma direta, a falta da prática regular de exercícios físicos, igualmente, está associada a baixos níveis de energia. A prática constante de atividades físicas reduz a fadiga tanto em pessoas saudáveis quanto em não-saudáveis.

Não tem fundamento, portanto, a alegação de que a falta de disposição é a principal razão para não fazer atividade física.

 ubstituir alimentação pobre

A ingestão adequada de proteínas auxilia o organismo a manter a energia em nível aceitável. Quem, pois, adota dieta pobre em proteínas corre o risco de apresentar sintomas associados a baixos índices energéticos, casos, por exemplo, de cansaço e de prostração excessiva.

 

https://www.pharmaton.com.br/mostrar-dica/falta-energia-no-dia-a-dia-conheca-os-sintomas-que-podem-afetar-sua-disposicao

Síndrome de cansaço prolongado

 

Pessoas terem sintomas de exaustão, de estafa e de fadiga é fato muito mais comum do que muitos imaginam.

De acordo com especialistas, trata-se de síndrome do cansaço prolongado que afeta em torno de 10% das pessoas.

O indivíduo, ao perceber o problema, precisa de imediato, buscar ajuda de médico para evitar eventual doença mais grave.

De acordo com profissionais de Saúde, casos, por exemplo, como anemia, problemas na tireoide, diabetes e algumas doenças do coração podem produzir reações orgânicas como exaustão, estafa e fadiga prolongadas. O que pode ocorrer é que alguma doença quietinha esteja roubando a energia do corpo, segundo informam médicos.

O quadro de fadiga prolongada também pode estar ligado à desnutrição celular, também conhecida como fome oculta. Ela ocorre, portanto, quando há a falta de nutrientes, de minerais, de vitaminas ou de ácidos graxos nas células.

Para superar a defasagem nutricional, substâncias precisam ser suplementadas no organismo, caso, por exemplo, de vitaminas, especialmente a D, além de outros nutrientes para evitar a fome oculta.

O uso de complementos alimentares é solução para a questão, já que repõem o que está faltando e ajudam o corpo a voltar a ter equilíbrio natural.

 

https://catracalivre.com.br/equilibre-se/8-dicas-para-quem-vive-cansado-ter-mais-energia/

 

Energia para cumprir a rotina

 

Para quem está evitando o consumo de cafeína e de doces, mas, precisa de energia para a rotina, há algumas excelentes recomendações.

Respirar profundamente e fazer alongamento no meio do expediente são algumas ideias livres de cafeína e de açúcar para motivar e se alegrar e, por extensão, para manter a energia.

A alimentação é questão fundamental para a obtenção e a manutenção de energia.

 

  • Comer batata doce

Fornece carboidratos imediatos, açúcar e fibras que saciam e nutrem mais do que um lanche.

Batata doce está entre os alimentos que geram mais energia.

É opção inteligente para ter energia e disposição muito mais do que bolachas, que, de nutrição, representam, na realidade, apenas injeção de açúcar no sangue, que empolga, mas que acaba logo.

Calorias são importantes porque são o combustível do corpo, mas, os micronutrientes, como vitaminas e minerais, são o “aditivo” deste combustível, ajudando o organismo a funcionar melhor.

  • Manter boa iluminação

Deixar a luz de o Sol entrar no ambiente significa energia pura, porém, não é durante todo o dia que é possível contar com o efeito positivo da luz natural, por isto, alternativa para ter mais energia é utilizar lâmpadas que imitam o brilho natural.

  • Ampliar os conhecimentos

O interesse em aprender deixa o corpo mais desperto e cheio de energia.

 

  • Dar volta fora do ambiente

O hábito de passear melhora o sistema imunológico.

  • Ouvir boa música

A iniciativa de ouvir boa música tem a capacidade de alterar a atmosfera. Isto acontece mesmo quando se está ouvindo música com fone de ouvidos. Canção animada ajuda o entusiasmo.

  • Mexer-se

Não é preciso frequentar, necessariamente, academia para obter dose extra de energia diária.  Jogar tênis, caminhar, correr, pedalar são opções importantes para abandonar o sedentarismo.

A prática de “hobby” que ajude a se movimentar (jardinagem, por exemplo) é importante para gerar satisfação.

 

  • Tirar soneca

Em muitos casos, tirar uma soneca é, às vezes, a única solução para ter mais energia. Estudos mostram que com apenas 20 minutos é possível recuperar a energia e a disposição para o restante do dia.

  • Alongar-se

Ações de grande valor são esticar os músculos e lubrificar as articulações. A recomendação é especial para fica sentado por muito tempo ou para quem trabalha em pé. Para a coluna lombar, a cervical, as panturrilhas e o abdômen o alongamento é importante não apenas para despertar ou relaxar, mas, também, para desfazer malefícios que podem afetar a coluna de quem fica muito tempo numa mesma postura, seja em pé ou sentado.

  • Respirar profundamente

A respiração profunda ajuda a oxigenar o cérebro quando a pessoa estiver deprimida ou estressada. O aroma do limão, por exemplo, pode colaborar na tarefa de ter mais energia e disposição através do controle respiratório, já que gera efeito terapêutico sobre a energia e o humor.

  • Hidratar-se bem

Tomar copo de água, (se possível, com limão), aumenta a atenção. Muitas dores de cabeça e irritações nos olhos e nariz são passíveis de cura com boa hidratação.

 

Importância da boa alimentação

 

A necessidade de adotar boa alimentação, rica em nutrientes, não é segredo para ninguém.

Comer bem é fundamental para o corpo funcionar perfeitamente e, ainda, para prevenir série de doenças e condições capazes de atrapalharem a saúde.

https://prosaudelojas.com.br/a-hidratacao-auxilia-o-combate-a-dores-articulares/

Vitamina para cansaço físico e mental

 

As vitaminas são nutrientes-chaves para evitarem a falta de energia.

 

  • Vitamina B12

Do complexo B, se destaca a vitamina 12, que auxilia, sobremodo, a melhorar os níveis de energia do corpo. Ela é encontrada na carne bovina e em laticínios, atuando no processo de transformar a comida em energia.

 

  • Vitamina C

Conhecida, também, como ácido ascórbico, a vitamina C é, além de outras funções, importante para manter os níveis de energia do corpo regulados.

A falta de vitamina C facilita, por exemplo, o aparecimento do escorbuto, doença que provoca cansaço físico e mental, sangramento na gengiva e irritação na pele.

Para se prevenir do problema e/ou da falta de energia basta consumir frutas já que o ácido ascórbico é encontrado em grande variedade delas. Laranja, limão, morango, acerola, goiaba, pimentão verde, tomate e brócolis fornecem boas quantidades deste tipo de ácido.

 

  • Vitamina D

Frequentemente a vitamina D é associada à saúde dos ossos e dos dentes, ajudando a prevenir, ainda, a osteoporose e as fraturas ósseas. Estudos, entretanto, têm revelado que a falta deste tipo de vitamina, igualmente, pode gerar fadiga crônica.

 

  • Ferro

Outro nutriente, além das vitaminas B12, C e D, que ajuda a regular os níveis de energia do organismo é o ferro, porque ele atua na síntese da hemoglobina, proteína responsável pelo transporte de oxigênio (transformado em energia) para todo o corpo. Quando há falta de hemoglobina, as células sofrem com a falta de energia. O organismo, então, desenvolve a chamada anemia ferropriva. A solução indicada por médicos é a reposição de ferro por meio da alimentação e de suplementos.

 

https://www.pharmaton.com.br/mostrar-dica/qual-a-melhor-vitamina-para-cansaco-fisico-e-mental

Alimentos que geram energia e disposição

 

O que a pessoa come tem relação direta com o funcionamento do corpo e com o bem-estar.

Os cuidados com a alimentação, portanto, são essenciais para o bom funcionamento do organismo.

Conheça alimentos que dão mais energia e disposição. O ideal, pois, é incluí-los na dieta.

  • Açaí

Fruta rica em carboidratos que fornecem energia para o bom funcionamento do corpo. Ademais, é fonte de gorduras insaturadas, que auxiliam o controle da pressão arterial e do colesterol. É rica, ainda, em vitaminas C, B1, e B2, bem como em antioxidantes.

  • Água de coco

Bebida energética natural, fonte de vitaminas e de minerais essenciais para o bom funcionamento do organismo. Melhora a disposição porque é fonte de hidratação.

 

  • Banana

Rica em triptofano, aminoácido precursor da serotonina, neurotransmissor que exerce várias funções, como, por exemplo, regular o sono, o humor, além de auxiliar a prevenção de distúrbios emocionais. Além disto, igualmente é fonte de potássio, evitando fraqueza muscular, cãibras, fadiga e, ainda, apatia mental.

  • Guaraná

Fonte de cafeína, estimulante do sistema nervoso. Se for usado com moderação, ajuda a melhorar o ânimo e a disposição. Pode ser consumido junto com sucos e vitaminas.

 

  • Maca peruana

Auxilia a diminuir o cansaço e a fadiga. Além de fornecer energia é fonte de vitaminas do complexo B, selênio, vitaminas C e E, que têm ação antioxidante.

 

  • Chá verde

Fonte de cafeína, substância considerada termogênica, acelera o metabolismo, aumenta o gasto energético e a “queima” de gordura corporal, fato que faz com que aumente a disposição. Auxilia, também, a melhora do humor e do bem-estar já que possui aminoácido que, quando liberado no corpo, amplia a geração de dopamina e de serotonina.

 

  • Oleaginosas

Nozes, castanhas e amêndoas contêm proteína vegetal e gorduras insaturadas, nutrientes que ajudam a redução da pressão arterial, do colesterol e das triglicérides. Possuem, ainda, magnésio, cobre e selênio, que atuam na diminuição do estresse, além de melhorarem a memória e a produção de energia.

 

  • Mel

Por ser composto por dois tipos de carboidratos (glicose e frutose) o mel é alimento energético porque aumenta a disposição e combate o cansaço. É, igualmente, fonte de vitamina C, possuidora de ação antioxidante. Contém, também, vitaminas do complexo B, participantes do metabolismo de produção de energia e de desintoxicação do corpo. Possui, ainda, minerais, caso do fósforo, do cálcio, do magnésio, do enxofre e do potássio.

 

  • Aveia

Na forma integral, a aveia é fonte de carboidratos de baixo índice glicêmico que conferem energia sem levar a picos de liberação de insulina. Ajuda, também, a controlar as taxas de açúcar no sangue e dá saciedade. É, igualmente, fonte de vitaminas do complexo B, que melhoram os níveis de produção de energia e de disposição.

 

  • Chocolate amargo

Fonte de antioxidantes que, ao mesmo tempo em que retardam o envelhecimento precoce, auxiliam a saúde do coração. Possui cafeína, ajudando a manter o corpo alerta e mais disposto.

 

 https://prosaudelojas.com.br/alimentos-que-aceleraram-o-metabolismo/

Outros alimentos que dão mais energia

 

Existem outros alimentos que, de semelhante maneira, geram energia e contribuem para a disposição. Veja!

 

  • Vegetais de folhas verdes

Além de serem pouco calóricas, folhas verdes são ricas em ferro, cálcio, fibras, ácido fólico, magnésio, vitaminas A, C, E e K. O ferro e a vitamina C encontradas em folhas verdes ajudam a prevenir a anemia, uma das principais causas de fadiga, especialmente em mulheres.

 

  • Abacate

Contém ácido pantotênico, vitamina B que ajuda as células a transformarem alimentos em combustível. É rico em gorduras e fibras saudáveis. A gordura do abacate amplia a absorção de nutrientes dos alimentos. A fibra do abacate, por sua vez, retarda a subida e a descida do açúcar no sangue após refeição ou lanche, gerando níveis de energia mais constantes. Mesmo sendo calórico, o abacate é excelente aliado da dieta geradora de energia e de disposição.

  • Abacaxi

Tal como ocorre com nozes e aveia, o abacaxi é da mesma forma excelente fonte de manganês, que atua no sentido de melhorar o metabolismo.

 

  • Iogurte natural

Fonte de proteínas que promove a sensação de saciedade, auxiliando a fortalecer o sistema imunológico, aumentando a energia.

 

  • Água

Comer direito, dormir bem e se mover bastante são três aspectos cruciais para aumentar a resistência.

Ah! Não se pode esquecer que é preciso, também, beber bastante água.

A desidratação é capaz de retardar a produção de energia, fazendo com que a pessoa se sinta cansada e lenta. Consumir muita água é, portanto, essencial para impulsionar e manter a disposição. A água, mesmo que não tenha nenhuma caloria, gordura, proteína ou carboidrato para fornecer energia, é capaz de afastar o cansaço.

Para funcionar de forma adequada, o corpo humano precisa de combustível, isto é, de calorias provenientes da alimentação, mas, ao mesmo tempo, precisa ser bem hidratado, quando entra em ação a necessidade de tomar bastante água, já que ela é responsável por transportar os nutrientes até as células. Com isto, os alimentos são metabolizados e transformados em energia.

 

  • Beterraba

Contém nitratos naturais e antioxidantes que aumentam o fluxo sanguíneo e, por extensão, a oxigenação do cérebro e dos músculos.

  • Pipoca

O milho estourado em casa é saudável porque possui fibras que facilitam a digestão e melhoram a disposição.

 

  • Peixe de escamas

Opções ricas em ômega 3, caso do salmão, por exemplo, fazem bem à saúde cardíaca. Coração saudável transporta mais oxigênio e, consequentemente, melhora a circulação, a atividade cerebral e os níveis de energia.

 

  • Ovo

Bastante importante para dieta cheia de proteína e de energia. Cozido, mexido (em frigideiras antiaderentes, para evitar o uso de óleo) ou pochê (escalfado) tem poucas calorias e muitos nutrientes, caso de proteínas, ferro, colina e vitamina do complexo B, que ajuda as funções cerebrais e a produção de energia.

 

  • Chá de gengibre

O gengibre tem ação anti-inflamatória e ajuda a eliminar as dores de cabeça. Melhora a digestão, auxilia o emagrecimento porque acelera o metabolismo e fornece mais disposição. Para adoçar, usar mel no lugar do açúcar.

 

Alimentos que prejudicam a disposição

 

Enquanto há alimentos que ajudam a produzir energia e disposição, existem outros que, por sua vez, prejudicam.

  • Doces, frituras, carboidratos simples (pão branco), produtos ultraprocessados (com corantes, conservantes e demais aditivos) e, ainda, as bebidas alcoólicas.

Estes alimentos, por esta razão, têm que ser evitados ou, no máximo, reservados a algumas poucas ocasiões especiais.

https://prosaudelojas.com.br/produtos-naturais-no-combate-a-depressao/

Atividades físicas para manter o pique

 

Manter rotina com atividades físicas contribui bastante para aumentar a energia.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda a prática diária de, pelo menos, 30 minutos de atividades físicas. Os benefícios são inúmeros, já que, apesar da preguiça inicial, quanto mais os exercícios se tornam parte da rotina, mais o corpo sente vontade de praticá-los. Isto acontece por causa da endorfina, neurotransmissor ligado à sensação de bem-estar e de prazer que é liberado durante a execução de movimentos.

Da mesma maneira como o organismo de quem pratica atividades físicas está acostumado a se esforçar para se adaptar a novos estímulos, o mesmo acontece com as demais atividades do dia-a-dia, fato que assegura pique (disposição) extra para encarar novos desafios e exigências.

https://prosaudelojas.com.br/importancia-dos-exercicios-no-processo-de-emagrecimento/

Práticas saudáveis

 

A adoção de práticas saudáveis, isto é, boa alimentação, sono de qualidade e atividades físicas regulares ajudam a aumentar a energia e a impactar, positivamente, a qualidade de vida.

A recomendação de práticas saudáveis é destinada, especialmente, a pessoas que vivem reclamando de cansaço, de indisposição, de estresse e de outros males. Estas pessoas precisam saber que é possível ter um dia-a-dia mais leve, mais ativo e mais produtivo.

https://prosaudelojas.com.br/alimentos-nocivos-a-imunidade/

Vitaminas que dão mais energia e disposição

 

Para ter mais energia logo pela manhã, a dica é apostar na vitamina de banana com mel, batida em liquidificador.

As vitaminas, quando possuem os ingredientes certos, ajudam a dar mais energia e disposição ao corpo.

 

  • Vitamina de abacate

Pelo fato de o abacate ser rico em proteínas, ele ajuda a dar mais energia para o corpo, contribuindo para o aumento de massa magra e da definição dos músculos. É rico, igualmente, em vitaminas e minerais, tendo forte ação antioxidante, que combate os radicais livres e fortalece o sistema imunológico. Ajuda, ainda, a reduzir os níveis de colesterol ruim (LDL), aumentando os do bom (HDL).

Para preparar vitamina não tem erro: é só bater a polpa da fruta com leite e adoçar a gosto, de preferência com mel.

  • Vitamina de banana com mel

Possui boa quantidade de potássio, por isto, a banana é outro ingrediente que vale a pena colocar no cardápio quando o objetivo é buscar mais disposição.

A deficiência do mineral (potássio) causa problemas como fraqueza muscular, fadiga e cãibra muscular. Por isto, para evitar estes sintomas, nada melhor do que tomar com frequência, vitamina de banana com mel.

 

  • Vitamina de aveia

Por ser rica em vitaminas do complexo B, a aveia também é ingrediente que ajuda a ter mais disposição. Isto ocorre porque ela é fonte de carboidratos de baixo índice glicêmico. Também é rica em vitaminas do complexo B.

Bastante versátil, a aveia pode ser combinada com vários outros ingredientes de vitaminas.

 

  • Vitamina de banana e guaraná

Vários são benefícios da banana para dar mais disposição, batê-la com guaraná, então, aumenta ainda mais o seu poder, porque o guaraná é fonte de cafeína e auxilia a dar mais energia para o corpo.

Para preparar a vitamina, basta acrescentar xarope de guaraná ou o produto em pó na hora de bater no liquidificador.

O ideal é tomar a bebida logo pela manhã porque a disposição vai agir durante o dia todo.

https://prosaudelojas.com.br/alimentacao-errada-causa-obesidade-infantil-doencas-e-morte/

Ações primordiais

 

Num resumo rápido do conteúdo do post de hoje pode-se afirmar que importante se torna realizar ações no dia-a-dia que auxiliem a manter elevado o nível de energia do corpo.

Incluir exercícios na rotina, reduzir o estresse, evitar o consumo de álcool, seguir alimentação equilibrada, obedecer a horários regulares, manter perfeita hidratação corporal, evitar o excesso de atividade mental, e, ainda, investir em boa noite de sono são questões essenciais para manter a energia corporal.

Muito sucesso. Muita energia. Muita disposição e, principalmente, MUITA SAÚDE.

Até o próximo post, na semana vindoura!